sábado, 25 de junho de 2016

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

ISAIAS CAP 6 > A VISÃO DA GLÓRIA E O CHAMADO AO ARREPENDIMENTO.No ano em que morreu o rei Uzias, eu vi também ao Senhor assentado sobre um alto e sublime trono; e o seu séquito enchia o templo. Serafins estavam por cima dele; cada um tinha seis asas; com duas cobriam os seus rostos, e com duas cobriam os seus pés, e com duas voavam.E clamavam uns aos outros, dizendo: Santo, Santo, Santo é o SENHOR dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória. E os umbrais das portas se moveram à voz do que clamava, e a casa se encheu de fumaça.Então disse eu: Ai de mim! Pois estou perdido; porque sou um homem de lábios impuros, e habito no meio de um povo de impuros lábios; os meus olhos viram o Rei, o SENHOR dos Exércitos.Porém um dos serafins voou para mim, trazendo na sua mão uma brasa viva, que tirara do altar com uma tenaz; E com a brasa tocou a minha boca, e disse: Eis que isto tocou os teus lábios; e a tua iniqüidade foi tirada, e expiado o teu pecado. Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim. (Isaías 6:4-8)

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Cinquentinhas estão liberadas na BahiaEm entrevista ao Brumado Notícias, Catarine Medeiros, coordenadora da 18ª Ciretran/Brumado, explicou que a justiça liberou o tráfego das motocicletas de 50 cilindradas, conhecidas como cinquentinhas. “Recebemos uma recomendação do diretor geral do Departamento de Trânsito (Detran), Maurício Boteiro, apontando uma proibição explícita de emplacamento, licenciamento e cobranças de impostos pelo Detran. Todos os municípios que estão integrados ao sistema nacional são obrigados a assumir essa demanda. Portanto, o Detran do estado da Bahia está proibido de proceder ao emplacamento e licenciamento dos ciclomotores”, disse a coordenadora. Medeiros ainda destacou que até que o município esteja preparado para atender essa demanda e criar a sua própria regulamentação, ela está liberada pelo estado. Isso significa que nem a Polícia Militar poderá fazer a apreensão do veículo e nem os agentes de trânsito poderão autuá-las por falta de documentação ou emplacamento. As motos apenas poderão ser autuadas em casos de infrações que ferem as regras normais de trânsito. No entanto, a coordenadora chamou a atenção para a necessidade de habilitação. “Vale ressaltar que a liberação se dá apenas com relação ao licenciamento do veículo, mas o condutor precisa estar habilitado para a condução do mesmo. Aguardamos que o município, que já está bem equipado com seu diretor de trânsito, em breve venha a assumir essa problemática das cinquentinhas, assim como a da moto frete e a da moto táxi”, pontuou Catarine.